As teses que permeiam a conduta de uma pessoa

  • Alberto Pereira Lima Filho Opus Psicologia e Educação Ltda
Palavras-chave: teste

Resumo

O autor apresenta um exercício reflexivo sobre um fenômeno psicológico incidente em muitas vidas: sem que a pessoa necessariamente tenha consciência do conteúdo, uma tese – ou mesmo várias – permeia(m) sua forma de interagir com outras pessoas, seu comportamento em geral, seus posicionamentos, comunicações, decisões, visões de mundo e de si mesma. Há uma articulação teórica e conceitual entre a psicodinâmica desse fenômeno e o conceito de complexo na teoria da Psicologia Analítica. O artigo descreve o fenômeno, faz alusão a suas possíveis gêneses e sinaliza possíveis rotas de superação para as dificuldades dele decorrentes, muitas vezes impeditivas ao desenvolvimento do processo de individuação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alberto Pereira Lima Filho, Opus Psicologia e Educação Ltda

Mestre em Psicologia Clínica pela Universidade de São Paulo - USP. Doutor em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica - PUC-SP. Escritor e músico. Diretor da Opus Psicologia e Educação Ltda.

Referências

Edinger, E. F. (1971). Jung. In Anatomia da psique: o simbolismo alquímico na psicoterapia (p. 11-106). São Paulo: Cultrix.

Jung, C. G. (2016). A Natureza da Psique (O.C., Vol. VIII/2). Petrópolis, RJ: Vozes. (Trabalho original publicado em 1959).

Publicado
10-01-2019
Como Citar
Lima Filho, A. (2019). As teses que permeiam a conduta de uma pessoa. Self - Revista Do Instituto Junguiano De São Paulo, 4(1). https://doi.org/10.21901/2448-3060/self-2019.vol04.0001
Seção
Artigo de reflexão (ensaio)