Quase-vida, o tsunami e a revolução da empatia

Autores

  • Ricardo Pires de Souza Instituto Junguiano de São Paulo - IJUSP, São Paulo, SP

DOI:

https://doi.org/10.21901/2448-3060/self-2020.vol05.0004

Palavras-chave:

Editorial

Resumo

Uma imensa onda de partículas virais envolve a Terra. Se não global ainda, um tsunami com o potencial de atingir a totalidade do planeta.

Já submergimos outras vezes em ondas imensas. Há cerca de 70 mil anos, um inverno vulcânico causado pela supererupção do vulcão Toba, onde hoje é Sumatra, quase causou a extinção da nossa espécie: a maioria (mais de 90%) dos indivíduos que éramos então pereceu em um tsunami de gases tóxicos acompanhado de frio intenso e falta de alimento. Restaram menos de 10 mil indivíduos humanos no planeta e todos nós descendemos destes Adões e Evas genéticos. Mas nós sobrevivemos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Pires de Souza, Instituto Junguiano de São Paulo - IJUSP, São Paulo, SP

Médico. Analista junguiano. Doutor em Medicina pela Universidade de São Paulo (USP). Presidente do Instituto Junguiano de São Paulo (IJUSP) 2018-2020; membro da Associação Junguiana do Brasil (AJB) e International Association for Analytical Psychology (IAAP). Escritor: autor dos livros "Anima Mundi" (2004) e "A Dança de Shiva" (2010), poesia, pela Ateliê Editorial, São Paulo.

Referências

Kant, I. (2013). Fundamental principles of the metaphysic of morals [Kindle]. New York, NY: Start Publishing. (Trabalho original publicado em 1785).

Downloads

Publicado

03/27/2020

Como Citar

Souza, R. P. de. (2020). Quase-vida, o tsunami e a revolução da empatia. Self - Revista Do Instituto Junguiano De São Paulo, 5, 1–3. https://doi.org/10.21901/2448-3060/self-2020.vol05.0004

Edição

Seção

Editorial